dicas

Dica: Facilitando a vida na hora de fazer as unhas

29.8.13
Hoje o post é um pouquinho diferente. Não vou dizer para vocês que vou fazer uma tag "unhas da semana" primeiro porque nem sempre faço nada diferente nas unhas ainda mais toda semana e segundo porque não curto mesmo a ideia... Coisa minha... rs. Mas recentemente resolvi tentar usar algo para o qual nunca dei muita bola: películas decorativas para unhas. Não, não é adesivo! São películas que são aplicadas sobre a unha e "derretem" com removedor... É como se fossem de esmalte mesmo...

Eu nunca curti muito a vibe das nail arts, mais porque não gosto de muita "papagaida" nas unhas. O máximo que fazia eram francesinhas e, quando estava com muita paciência, uma florzinha daquelas de pinguinhos de esmalte mesmo #AdolescênciaFeelings. Mas além de não curtir muito, nunca tive muita habilidade para fazer os desenhos na minha própria unha, afinal sou eu mesma que faço porque tenho uma preguiça sem tamanho de ir no salão e tenho pena de gastar toda semana rs. E os adesivos também nunca me chamaram muito a atenção por achar que tinham um resultado grosseiro.

Mas eis que ao visitar uma feira de estética, me deparei com essas películas, que nem são novidade mas eu nunca tinha reparado blogueira de moda relapsa rs. E minha companhia de andança na feira (oi Lili!) que é esmalte-maníaca, decidiu comprar umas e me incentivou. Com essa coisa de usar detalhe só em uma unha, achei até possível arriscar, pois não fica tão chamativo. Enfim, comprei algumas e hoje resolvi testar.

E olha, até que curti o resultado! Tá certo que como nunca tinha usado, não ficaram perfeitinhas umas duas bolhinhas eu não consegui tirar, mas até que ficou bem legal... Não foi difícil de aplicar e para remover o excesso, o removedor tirou bem fácil. Pus o esmalte Isabeli que acho lindo e um luxo só rs da coleção da Isabeli Fontana, da Risqué, com a película de caveirinhas douradas por cima. O esmalte tem um fundo meio arroxeado que acho bem elegante. Com a película dourada, ficou bem destacado, mas não ficou mega chamativo.

Ignorem minha falta de habilidade para essas coisas e o fato do meu alicate
estar meio "cego" então não dá para fazer milagre rs.
Mais de perto para verem o detalhe da película (ignorem as falhas please rs). 
Na feira, paguei R$ 10 em 3 cartelas com 10 películas iguais, mas não faço ideia de quanto custa por aí. O esmalte foi uns R$ 3 na farmácia.
lápis de olho

Resenha: Lápis de olhos metálico Quem Disse, Berenice? - Cor Marronzix

26.8.13
Um dos produtos que comprei pelo site da Quem Disse, Berenice? foi o lápis de olhos na cor Marronzix, que tem efeito metalizado. Eu não era grande fã de lápis de olhos coloridos leia-se que não é preto não sei exatamente por quê. Na verdade, sempre usei lápis preto somente na linha d'água e deixava o trabalho de delinear na pálpebra móvel para o delineador preto. Sempre usei mais sombras mesmo quando queria algo mais colorido.

Mas acontece que com o tempo e a experiência, a gente percebe que o lápis quebra um galhão quando se quer algo rápido, fácil, que não dá muito trabalho e que faça uma graça, dê um ar diferente na make. Por isso, ao ver a cor no site, achei que seria bonita e ao mesmo tempo, neutra, coringa. Resolvi arriscar! E olha, não me arrependi nem um pouco! Com esse lápis você já consegue garantir boa parte do look. A cor dele é um marrom escuro, com um toque metálico mesmo. A textura é super macia, por isso ele serve não só pra delinear, como também pra esfumar. Mas para isso tem que ser rápida, porque ele seca rápido - o que acho ótimo porque não "carimba". Dá até pra usar como sombra (apesar de eu estar usando mais para delinear mesmo). A aplicação é uma delícia, ele desliza bem fácil e dura super bem ao longo do dia, sem borrar! Veja abaixo o swatch e ele no olho, com a make completa.

Da esquerda para a direita (sentido horário): Make completa (o batom é o Coralosa, também da QDB?, que resenho em breve); swatch na mão, com luz amarela; Olho aberto e olho fechado, com gatinho.

Como ele é de apontar, dá para fazer a ponta mais fina e arriscar no gatinho mas não fica com a mesma precisão do delineador tá?! rs.


De acordo com a marca, "o lápis tem 1,2g de volumetria e 2 anos e 6 meses de validade. A fórmula tem óleo de jojoba e óleo de algodão, agentes que não deixam a pele ressecar. O produto também apresenta tocoferol e palmitato de ascorbila, os dois têm ação antioxidante. Não tem parabenos".  Resumindo: curti muito! Paguei R$ 17,90 no site. Aqui no Rio, tem lojas na Tijuca, Barra e no Rio Sul. No site dá para conferir os endereços. Ainda não tem em Niterói ou São Gonçalo... =\
maquiagem

Resenha: Máscara para cílios One By One, Maybelline

21.8.13
Antes da Maybelline lançar a The Colossal Super Filme, eu tinha apenas a versão à prova d'água, que é uma cruz para tirar e me custava vários cílios arrancados em cada tentativa. Por causa disso, fui em busca de uma outra opção lavável para usar no dia a dia. Foi nessa época que eles lançaram a One By One. Eu, como boa fã de carteirinha dos rímeis da Maybelline, não pensei duas vezes e comprei para testar.


A promessa dessa máscara é oferecer volume, mas sem deixar resíduos. Sabe aqueles "pedacinhos" que acumulam nos cílios e dão o temido efeito "pata de aranha"? Pois é exatamente isso que o One By One promete não deixar acontecer! De acordo com a marca, "através de um aplicador com 300 cerdas a máscara One by One garante o volume cílio a cílio sem deixar grumos acumulados. São 3 cerdas por cílio para: capturar, cobrir e definir. Tenha cílios volumosos, sedutores e definidos um a um". O aplicador é de silicone e realmente tem muitas cerdas como dá para ver na foto.


Como eu já disse por aqui uma vez, meus cílios são bem ralos, curtos e claros ô tristeza da blogueira de make gente! Por isso gosto de máscaras que deem volume e alonguem. A One By One até que dá conta do recado direitinho. Claro que o amor da minha vida sempre será a The Colossal, ainda mais agora que está aperfeiçoada (ainda não experimentei a The Falsies, que algumas meninas falam tanto, mas acho que mesmo experimentando, ainda amarei mais a "bendita amarelinha" rs), mas a One By One é bem bacana para o cotidiano, quando você quer um bom efeito, só menos "dramático". Olha só na foto:

Cílios bem separados, alongados e com mais volume (as sombras
são da paleta gêmea da Naked 2. Resenho em breve).
Concordo com a Maybelline: ele não deixa os grumos nos cílios. Quando uso outra, como a irmã queridinha dela, costumo ir tirando os acúmulos com as pontas dos dedos. Mas no caso dela, não precisa mesmo. Como é lavável, sai fácil com água então nada de choro com ela! hehehe. Então costumo usar ela principalmente nos dias que estou com preguiça de ter trabalho para remover a make #ShameOnMe.

A média de preço dele é de R$ 33 (Se não me engano, foi quanto paguei no quiosque da marca). Vale pesquisar porque em alguns lugares está mais cara e em outros mais barata. Na Loosho, por exemplo, está R$ 28,90.
cinema

Dica de filme: O Fabuloso Destino de Amélie Poulain

19.8.13
Apesar de hoje ainda ser segunda-feira, a dica do Balaio de hoje é para os cinéfilos! O filme é de 2001, mas eu fui ouvir falar dele e assisti-lo no ano passado. O Fabuloso Destino de Amélie Poulain é um filme francês não torça o nariz ainda que tem uma estória muito sensível. Antes de proceder com minhas análises, vou transcrever uma breve sinopse:

"Após deixar a vida de subúrbio que levava com a família, a inocente Amélie (Audrey Tautou) muda-se para o bairro parisiense de Montmartre, onde começa a trabalhar como garçonete. Certo dia encontra uma caixa escondida no banheiro de sua casa e, pensando que pertencesse ao antigo morador, decide procurá-lo ­ e é assim que encontra Dominique (Maurice Bénichou). Ao ver que ele chora de alegria ao reaver o seu objeto, a moça fica impressionada e adquire uma nova visão do mundo. Então, a partir de pequenos gestos, ela passa a ajudar as pessoas que a rodeiam, vendo nisto um novo sentido para sua existência. Contudo, ainda sente falta de um grande amor".


Honestamente, lendo a sinopse eu não esperaria muito do filme. Mas após algumas amigas fazerem recomendações muito empolgantes, resolvi dar uma chance ao longa. E foi uma das melhores coisas que fiz no que diz respeito às minhas experiências com a "sétima arte". O que mais me chamou a atenção foi exatamente a simplicidade e ao mesmo tempo a beleza do enredo: uma moça que, após efetuar uma boa ação, sente-se tão bem com a felicidade alheia e a satisfação que isso provoca nela mesma, que dedica seu tempo a fazer pequenas coisas que tornam o dia de outros um pouco melhor.



Nos faz atentar para os pequenos prazeres e para a importância de fazer o bem ao próximo. Sabe aqueles filmes que nos passam algo gostoso ao assistir, que chega a nos fazer sorrir? Foi assim que me senti ao ver a estória de Amélie Poulain! E claro que no meio de tudo isso, tem uma história de amor para fazer nossos olhinhos românticos brilharem... *u*

Dizem que essa comédia romântica é um dos maiores clássicos do cinema francês, consagrada como uma das mais aplaudidas obras do cinema moderno. Foi premiada com o Oscar de melhor filme estrangeiro em 2001.


Seguem sete curiosidades que achei no site Adoro Cinema:

Um roteiro de memórias
O roteirista, e diretor, Jean-Pierre Jeunet começou a selecionar dados e memórias, que compuseram o roteiro do longa, em 1974.

Atriz cotada
A personagem Amélie foi criada para a atriz Emily Watson, que, inclusive, gravaria algumas cenas na Inglaterra. Durante a produção, a atriz preferiu deixar o projeto.

As cores de Amélie
O filme apresenta uma paleta de cores viva, que dialoga com a fotografia do filme. As principais cores (vermelho, verde e amarelo) foram inspiradas pelas pinturas do artista brasileiro Juarez Machado.

Cenografia
Os trabalhos de arte que fazem parte da decoração do quarto de Amélie foram criados pelo artista Michael Sowa.

Poucas palavras
Durante todo o filme, os dois personagens conversam apenas uma única vez, em um telefonema de poucas palavras.

"Les 2 Moulins"
Algumas cenas do filme foram realizadas em locações reais. O lugar onde Amélie trabalha é uma cafeteria chamada "Les 2 Moulins", que fica localizada na Rua Lepic, em Montmartre, Paris. Os fãs do longa costumam entrar no estabelecimento para tomar um café e conhecer o gnomo do filme, que foi mantido no local.

Prêmios

OSCAR
2002
Indicações
Melhor Filme Estrangeiro
Melhor Direção de Arte
Melhor Fotografia
Melhor Roteiro Original
Melhor Som

GLOBO DE OURO
2002
Indicação
Melhor Filme Estrangeiro

BAFTA
2002
Ganhou
Melhor Roteiro Original
Melhor Cenografia

Indicações
Melhor Filme
Melhor Diretor - Jean-Pierre Jeunet
Melhor Atriz - Audrey Tautou
Melhor Filme Estrangeiro
Melhor Fotografia
Melhor Trilha Sonora
Melhor Edição

CÉSAR
2002
Ganhou
Melhor Filme
Melhor Diretor - Jean-Pierre Jeunet
Melhor Trilha Sonora
Melhor Cenografia

Indicações
Melhor Atriz - Audrey Tautou
Melhor Ator Coadjuvante - Rufus
Melhor Ator Coadjuvante - Jamel Debbouze
Melhor Atriz Coadjuvante - Isabelle Nanty
Melhor Fotografia
Melhor Figurino
Melhor Roteiro
Melhor Som
Melhor Edição

FESTIVAL DE TORONTO
2002
Ganhou
Prêmio do Público

FESTIVAL DE EDIMBURGO
2002
Ganhou
Prêmio da Audiência

E depois de todas essas informações, acho que no mínimo ficaram curiosos para ver... hehehe. E como eu detesto dar e receber spoilers, vou colocar o trailer e vocês tirem suas conclusões ;-)


Agora vai fazer um potão de pipoca e assistir o filme! 
demaquilante

Resenha: Demaquilante Aquoso da Quem Disse, Berenice?

17.8.13
Eu tinha prometido a mim que eu não faria resenha das coisas da Quem Disse, Berenice? antes das outras que eu tinha programado, mas esse demaquilante me fez quebrar a promessa. Sabe por que? Eu detesto demaquilantes que deixam a pele com aquela sensação "nhé", meio melecada sabe... Por isso estava super curiosa com a ideia de um demaquilante aquoso! Os bifásicos são muito bons para remover maquiagem pesada, mas a sensação de óleo na pele me causa aflição! Já esse da QDB? não é assim mesmo! Parece uma água. Tudo bem que na pele ele não tem a mesma sensação de água: dá para sentir que tem algo, como se sentisse um sabonete líquido, entende? Mas pelo menos não parece que mergulhei a cara numa panela de batata frita! rs.

Com relação ao potencial de remoção, achei muito bom! Ainda acho que o meu bifásico da Make B. do Boticário remove mais rápido, mas pesando os prós e contras, vale a pena demorar um pouquinho mais usando o da QDB? Ele dá conta de remover tudo sim, só me custa mais paciência. Veja abaixo os swaches. Na primeira foto os produtos aplicados na mão. Na segunda depois de duas passadas de leve com um cotonete embebido no demaquilante. E na terceira, após passar umas três vezes o algodão com o demaquilante, sem esfregar com força, só passando com a firmeza necessária.

Da esquerda para a direita: batom Coralosa (QDB?), batom Intense
330 (Boticário), Lipstain Frutalicious (MUA), lápis Super Preto
(Contém 1G), lápis de boca Vermelhô (QDB?), rímel The
Colossal waterproof (Maybelline)e lápis Marronzix (QDB?)

Cotonete passado duas vezes com o demaquilante na parte de
baixo: dá para ver que só o Super Preto e a The Colossal não saíram
direto, mas eles são uma cruz para tirar mesmo... rs

Nada que mais algumas passadas não removesse. Até a The
Colossal à prova d'água saiu...
De acordo com a marca, "como o próprio nome já diz, o demaquilante aquoso é feito à base de água, não tem óleo, vem em uma embalagem de 200ml e a validade é de dois anos. A fórmula não tem álcool, fragrância, corantes e nem parabenos". Mas apesar de dizerem que não tem fragrância, ele tem sim um cheirinho. Na verdade, é até suave, nada que incomode. Mas daí a dizer que não tem, acho exagero.

Outra coisa que a marca destaca é que "além de remover a maquiagem, ele também tonifica, refresca e hidrata o rosto todo". Nesse ponto, tenho uma observação a fazer. Não sei se é a tal da ação tonificante, ou do que eles chamam de "refrescância", mas na primeira vez que passei no rosto todo, senti ele arder pra dedéu! Cheguei a achar que tinha alergia a algum componente da fórmula, porque vi meu rosto ficando vermelho, senti arder e pensei: "Agora lascou-se tudo! Vou ter uma baita reação e ficar igual um monstrinho!". Chegava a me abanar passando ele. Depois que terminei, corri para lavar e isso deu uma aliviada.

Mas como eu sou muito teimosa e queria tirar a prova dos nove, usei de novo. E aí, nas demais vezes, não senti isso tão forte. Ainda dá uma ardidinha, mas parece ser da ação dele mesmo, não sei se do tonificante ou da refrescância. Não fiquei mais "vermelhona". Então sinceramente não sei o que dizer sobre isso! Não sei o que causou: se estava usando algo que deu reação ou se estava com a pele mais sensível naquele dia... Estou procurando passar o algodão de leve e mais vezes agora quando uso ele também, ao invés de dar uma forçada na mão como estava acostumada com o meu bifásico. E realmente, depois de passar ele, sinto a pele mais lisinha, macia, então deve hidratar mesmo.

Outra observação: na embalagem diz para não deixar ter contato com a parte interna dos olhos acredito que deve arder igual pimenta se isso acontecer, então para tirar o lápis da linha d'água ainda estou usando o bifásico no cotonete mesmo.

Como contei aqui, comprei pelo site da marca. Custou R$ 25,90. No Rio ainda temos poucas lojas nenhuma do lado de cá da "poça de Guanabara", mas para quem quiser conferir de perto, tem uma na Barra, uma na Tijuca e uma no Rio Sul. No site tem os endereços certinhos.
blush

Resenha: Intense Blush Compacto cor 01 de O Boticário

13.8.13

Como vocês já devem ter notado, eu sou muito branquinha quase o gasparzinho rs, mas meu tom de pele é meio rosado. Por isso sempre tive implicância com blush, uma vez que quase todos que eu passava, por mais que pegasse leve no pincel, me davam a aparência de "chinelada". Se você quer sorrir, é com o Patati... Mas depois que eu passei a entender um  pouco mais de maquiagem e a usar base e pó, senti a necessidade de aprender a usar blush e encontrar uma cor que se adequasse ao meu tom de pele, só devolvendo o ar de "sou saudável e linda, essa cor é minha mesmo" sabe? hihihi... Depois de muito buscar, eis que descobri o  Intense Blush Compacto cor 01 de O Boticário.


Depois de perceber que o melhor tom de blush para o efeito que eu queria era o de pêssego, me encontrei nessa cor 01. Ele é um pêssego opaco, o que é bom para mim pois não curto blush que brilha, uma vez que busco um efeito natural. De acordo com a marca, esse "blush compacto realça a aparência saudável do rosto, com um efeito natural de cor. Deixa a pele com um toque macio e sedoso, o dia inteiro. Possui textura fina, que facilita a aplicação e adere melhor à pele". Realmente é isso que percebo: ele dá uma corzinha natural e em mim dura o dia de trabalho todo, desde que não esteja muito quente. Porque com muito calor no Rio, quase me desfaço em suor e aí nada resiste né?!

O tom é um pêssego bem clarinho
Ele realmente tem uma textura muito fininha, não pesa nada no rosto e entrega a cor muito fácil. Sinto até que tenho que passar de leve, pois posso errar a mão na quantidade que sai no pincel. Para isso, sempre uso aquele truque de dar uma sopradinha de leve no pincel para tirar o excesso. Ele vem com um aplicador desses comuns na embalagem, mas sinceramente não uso. Só numa emergência, caso esteja sem meu pincel por perto. Mas como nunca sinto necessidade de retocar o blush na rua, isso nunca acontece (rs). Abaixo você pode ver o swatch na parte interna do braço.

Swatch bem forçado na parte interna do braço, na luz amarela
Honestamente, não uso outra cor, então em todas as fotos que me virem, estarei com ele amor, eterno amor! A menos que eu esteja resenhando outro blush, mas aí aviso né?! Dãã que gênia! De qualquer forma, nesta foto do perfil do blogger, dá para verem direitinho a cor dele e vou por mais uma para que comparem.

Momento "me sentindo top model" hehehe. Cor do blush
fica bem suave, com cara de saudável. Nessa foto, à luz
do dia, estava mais marcado por ser um ensaio fotográfico
Nessa foto o blush está menos marcado, pois era uma make
para trabalho. Tirada dentro de casa com luz amarela
No site de O Boticário ele está custando R$26,99. Alguém tem outras dicas de tons que fiquem bons em branquinhas para eu testar? Espero que tenham gostado!
compras nacionais

Minhas comprinhas na Quem Disse, Berenice?

10.8.13
Então, meus planos são de fazer um post a cada dois dias sozinha e trabalhando é meio difícil de postar todos os dias hehehe e ontem já fiz a resenha da Base Capricho Cores de O Boticário, mas fiquei tão empolgada com as compras que fiz na Quem Disse, Berenice? que chegaram hoje, que resolvi fazer um post com o "passo a passo" do desembrulhar da encomenda para que vejam como chegou.

Eu sinceramente, apesar de blogueira, jornalista e moderninha, ainda tenho muito receio de comprar pela internet por causa dos crimes digitais e toda essa possível insegurança e, principalmente, porque minhas experiências com os Correios não são das melhores inclusive de extravio de encomenda sem terem me indenizado = processo rolando. Mas a tentação de experimentar os produtos da QDB? foi maior que tudo isso e eles não têm lojas aqui perto, por Niterói ou São Gonçalo (no Rio só tem na Barra e na Tijuca - olha para o lado de cá da Baía de Guanabara gente! hihihihi).

Aproveitei que meu demaquilante está acabando e resolvi pedir o demaquilante aquoso deles. Comprei também um batom, um lápis de olho, um lápis de boca e um perfume de bolsa (resenho tudo em breve, prometo!). Fiz meu pedido na quinta-feira, 08/08, e hoje, 10/08, já chegou! Super rápido \o/. Minha ansiedade agradece! rs. Então abaixo segue a sequência de fotos do desembrulhar da caixinha.

Caixa bem sinalizada sobre os produtos frágeis

Decorada lindamente por dentro e com a nota fiscal logo a vista

Detalhe da parte interna, pedindo feedback das consumidoras

Bem protegido com plástico inflado para nada quebrar

O cuidado e carinho com os detalhes me deixou bem surpresa

Finalmente todas as minhas comprinhas
desembrulhadas! \o/ rs
As embalagens são lindas, tudo muito mimoso, e quase tudo dentro das minhas expectativas (mas isso é assunto para os próximos posts hehehe). Devido ao valor da compra, não me cobraram frete pulinhos de felicidade rs. E no site é possível parcelar em até 10X sem juros no cartão OMG vejo falência à vista... rs. Uma coisa que me surpreendeu também foi o valor dos impostos, que veio detalhado na nota fiscal. Que isso tia Dilma, vamos abaixar isso porque é um assalto a mão desarmada!

Quase faleci quando vi o valor dos impostos! =S
Só achei que eles podiam mandar algum "mimo" tipo uma amostrinha de outro perfume, uma vez que a gente não tem como conhecer todos os produtos só pela internet e isso motivaria novas compras. Eu por exemplo comprei um perfume de bolsa às escuras, sem saber o cheiro, e confesso que não curti muito... Conto isso melhor depois. Mas não comprarei mais perfumes assim. Vou esperar ter uma loja perto ou que mandem amostras em novas compras de make. 
base

Resenha: Base Líquida Capricho Cores de O Boticário

10.8.13
Eu tenho alternado entre duas bases: a Pure Make Up da Maybelline (resenha em breve) e a Capricho Cores de O Boticário. Vale dizer que minha pele é mista, mas não tenho necessidade de muita cobertura, porque nunca tive problemas sérios com acne ou marcas muito grandes no rosto. Na verdade, tenho bastante sarda, mas nada que me incomode e que me faça buscar cobertura pesada. Por isso, sempre prefiro efeito de acabamento mais natural, só buscando algo que segure um pouco a oleosidade.


É exatamente uma cobertura suave que essa base da Capricho oferece. A gente percebe que está maquiada, mas a cobertura é de leve a média (depende do quanto você passa e se passa com o pincel ou com os dedos na hora da preguiça hehehe). Por ser elaborada pensando na pele jovem (o público dessa linha costuma ser de adolescentes), ela não pesa no rosto, não aumenta a oleosidade e tem um cheirinho bem agradável. Tem FPS 10: é pouco, mas ainda é melhor que nada (rs). Abaixo o swatch.

Concentrada (luz amarela)
Espalhada "grosseiramente", dá para notar
a diferença entre ela e meu tom de pele
Bem espalhada, quase não se nota a diferença
entre meu tom de pele e o da base
Não sinto que ela transfira muito, na verdade acho que dá um acabamento até meio matificado, mas eu gosto de finalizar com pó compacto (aplicado com pincel porque fica mais sutil). Em mim, dura bem umas 5 horas, mas se eu suar muito (coisa bem comum no Rio de Janeiro rs) começa a brilhar a "zona T", mas nada que um retoque no pó não segure. Na foto abaixo, estou usando ela, mas a maquiagem está completa.

Make completa com corretivo + base + pó
+ blush e tudo mais hehehe. Resenho o
restante em breve ;)
A minha cor é a Bege Médio, mas acho que ela fica um pouco mais escura que meu tom de pele. A verdade é que quando fui comprar ela na loja, não tinha outras cores e a vendedora meio que me "enrolou" dizendo que era a cor mais clara da linha (rs). Mas como uso um pó mais claro, não dá tanta diferença porque um meio que iguala o tom do outro. Nem dá para notar nada na foto da make completa né? hehehe. A gama de cores é pequena: apenas 3 opções, sendo que essa minha é a mais escura (oi? Não tem para peles morenas e negras?! Aff...). No site ela está em promoção custando R$20,79, mas costuma custar uns R$25 em média.
corretivo

Resenha: Corretivo líquido 4 em 1 da Make B.

8.8.13
Uma coisa que me incomoda bastante, são as olheiras. Não adianta, acho que quando elas estão fortes, a gente fica com cara de cansada, doente, abatida, mesmo se não estiver. E as minhas não são crônicas, mas estão sempre ali. Confesso que às vezes não saio com a make completa #quemnunca?, mas sempre tento passar no mínimo o corretivo, rímel e batom. E o corretivo que tenho usado é o 4 em 1 da Make B. de O Boticário.


De acordo com a marca, ele "cobre e disfarça pequenas imperfeições, uniformizando a cor da pele ao mesmo tempo em que previne os efeitos do envelhecimento. Contém extrato de Girassol e vitamina E, que defendem a pele dos efeitos nocivos dos radicais livres. Com FPS 15 e proteção UVA. É não comedogênico".

Realmente, ele disfarça bem minhas olheiras, mas não cobre de vez. Ainda vejo que elas estão ali. Normalmente, como ele é em bisnaga, pingo uns 5 pontinhos ao longo da olheira e espalho com o pincel de corretivo. Depois que termino a make, finalizo com pó compacto por cima, senão fica brilhando. Tem que dar uma "assentada" com o dedo, porque senão fica muito artificial.

Só com o corretivo. Dá para notar um pouco de olheira ainda,
principalmente no olho esquerdo (não sei por que, mas é mais
escura no olho esquerdo, sempre precisa de mais corretivo).
Ele dura o dia todo, mas acho que ele craquela um pouquinho, pois já tenho umas ruguinhas ao redor dos olhos (OMG! Estou ficando velha! Rs). Não tenho como dizer se ele realmente previne os efeitos do envelhecimento, mas não notei nenhuma melhora nas linhas de expressão...

Nessa foto dá para ver as linhas de expressão, mesmo com o
corretivo e como ainda fica um pouco escuro (com rímel e lápis)
A minha cor é o Bege Claro. Paguei R$35,00 nele numa das lojas, mas no site do O Boticário está saindo por R$28,79.
dica

Dica de leitura: A menina que roubava livros

6.8.13
Hoje resolvi dar uma dica de leitura sobre um dos melhores livros que li na vida: "A menina que roubava livros". É que descobri que eles estão adaptando para o cinema e o filme deve estrear no Brasil em 2014. E como sei que depois que sai o filme, muita gente fica com preguiça de ler, eu imploro: por favor, leiam o livro antes! É que ele é realmente muito bom e seria um desperdício só ver o filme (falou a implicante com adaptações u.u hehehe).

Esse livro eu descobri muito por acaso ao entrar numa livraria, num dos meus habituais passeios em busca de coisa nova (sim, era novo porque isso já tem tempo... alguns anos desde que comprei hihihi). Lembro que o título me chamou atenção afinal, por que motivos uma menina roubaria livros? Mas o que me fez decidir comprar sem nem saber direito do que se tratava a estória foi uma única frase, escrita atrás do livro: "Quando a Morte conta uma história, você deve parar para ler". Pronto! Atiçou minha curiosidade! A Morte era a narradora, que genial!


Tentando dar o mínimo de spoiler possível, porque o melhor do livro são as surpresas, segue um breve resumo:

"Ao perceber que a pequena Liesel Meminger, uma ladra de livros, lhe escapa, a Morte afeiçoa-se à menina e rastreia suas pegadas de 1939 a 1943. A mãe comunista, perseguida pelo nazismo, envia Liesel e o irmão para o subúrbio pobre de uma cidade alemã, onde um casal se dispõe a adotá-los por dinheiro. O garoto morre no trajeto e é enterrado por um coveiro que deixa cair um livro na neve. É o primeiro de uma série que a menina vai surrupiar ao longo dos anos. O único vínculo com a família é esta obra, que ela ainda não sabe ler. Assombrada por pesadelos, ela compensa o medo e a solidão das noites com a conivência do pai adotivo, um pintor de parede que lhe dá lições de leitura. Alfabetizada sob vistas grossas da madrasta rabugenta, Liesel canaliza urgências para a literatura. Em tempos de livros incendiados, ela os furta, ou os lê na biblioteca do prefeito da cidade. A vida ao redor é a pseudo-realidade criada em torno do culto a Hitler na Segunda Guerra. Ela assiste à eufórica celebração do aniversário do Führer pela vizinhança. Teme a dona da loja da esquina, colaboradora do Terceiro Reich. Faz amizade com um garoto obrigado a integrar a Juventude Hitlerista. E ajuda o pai a esconder no porão um judeu que escreve livros artesanais para contar a sua parte naquela História."


Eu, sinceramente, me emocionei muito ao longo do livro. Dei risadas, fiquei triste, chorei, me sensibilizei, tive vontade de atirá-lo longe às vezes (passionaaal não? rs). E é exatamente essa diversidade de emoções que me fez gostar tanto do livro! O tom de humor e ao mesmo tempo a sabedoria da nossa narradora dão o tempero a mais. Mas às vezes a narrativa ficava bem carregada, dando frio na espinha (risos). E o final é surpreendentemente emocionante (como é difícil falar sem dar spoilers hehehe). Então, para quem aprecia uma boa leitura, com toques de sutileza, humor, mas também descargas de tensão e drama, é uma ótima pedida... ;)
batom

Resenha: Batom Hydra Extreme Maybelline - Cor 205 Pink Rose

3.8.13

Se tem um batom que eu adoro é a cor 205 Pink Rose (redundância? rs) da linha Hydra Extreme da Maybelline. É sério, tenho para mais de 30 batons (e a cada dia compro mais hehehe), mas já estou no meu 4º desta cor. Isso acontece porque realmente me achei nele: acho a cor super coringa e apesar de ser cintilante, fica bem suave nos meus lábios.


Outro fator positivo é que ele é bem hidratante, tem a textura super cremosa e desliza muito bem nos lábios. Acho super confortável! Eu que vivo com a boca ressecada, encontro nele um alívio. Mas um ponto negativo é que, exatamente por essa cremosidade, ele sai rápido. Se comer ou beber, tem que retocar. E depois de algumas horas, mesmo que não coma ou beba, também acabo retocando. Na verdade para mim não chega a ser incômodo, mas sei que tem meninas que não curtem isso, então é bom explicar. E se for dar beijinhos também, prepare seu parceiro para ficar com brilhinhos... hahaha! Mas para o dia-a-dia, acho muito bom, pois casa bem com trabalho e não faz feio para sair de noite (nesse caso peso mais nos olhos para ele completar com leveza).


Segundo a marca, ele alia "cor e hidratação intensa. Graças à associação de agentes exclusivos como a Alantoína (ultra-hidratante) e o Colágeno, Hydra Extreme deixa seus lábios hidratados por até 8 horas e visivelmente mais cheios. Sua textura cremosa desliza suavemente sobre os lábios, sem deixá-los pegajosos". E super concordo com o que eles divulgam!

Segue abaixo o swatch no braço e ele nos lábios. Tentei tirar as fotos com luz amarela e na luz do dia, mas na verdade nem acho que as fotos ficaram muito fiéis ao tom dele. E foto da bala dele ficou um horror, por isso estou usando a foto de divulgação.

Dá para ver que ele é levemente transparente, mas entrega uma
corzinha bacana nos lábios. Essa tirei dentro de casa com luz
branca

Com luz amarela

À luz do dia
Você encontra essa linha em farmácias, Lojas Americanas e nos quiosques da Maybelline mesmo. Os valores variam, mas a média é de R$ 18,50.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...